ERREERRE (1982, Botucatu - SP)


Erreerre (Ricardo Reis). É artista, editor, ilustrador e designer gráfico. No âmbito das artes visuais realiza trabalhos em desenhos, gravuras, pinturas, impressos, instalações, fotografia e cerâmicas.  É co-editor da lavoura ambulante edições em parceria com Laura Berbert desde 2013. Integra o ateliê coletivo Vão. Dentre as exposições recentes destacam-se: Projeto Parede, Sesc Palladium em Belo Horizonte (2018), 46o Salão de arte contemporânea (Santo André, SP), ocupação da galeria do SESC Palladium pelos ateliês vão e casagravada (2016) e a 5a edição do prêmio Bolsa Pampulha (2014), ambas em Belo Horizonte. Publicações recentes Ontem (2018) e Sol da noite (2017) pela ed. livros fantasma. SP.  Suas obras já foram premiadas no Prêmio Aquisição - 46o Salão de Arte Contemporânea Luiz Sacilotto (2018),  Bolsa Pampulha - Museu da Pampulha (2014) e no EDP nas artes - Instituto Tomie Ohtake (2012). Suas obras foram expostas nas ocupações #GAL001 em Maio, #GAL002 em Outubro em Belo Horizonte e na Feira Parte em São Paulo, em Novembro 2018.